terça-feira, 8 de janeiro de 2008

“Bom dia, alegria, a minha companhia vai cantar sutil melodia pra te acordar...”

A terra está sempre girando. A lua está sempre em outra fase. Tudo é levado pelo tempo. Só fica realmente aquilo que sempre existiu. E o que sempre existiu em mim é a vontade de conhecer, explorar, interagir e mudar. Afinal o mundo é essa grande bandeja cheia de opções, cada qual revelando enormes variedades. E o que sempre existiu em mim é o amor, a esperança, a grande alegria, a grande festa.

(Tudo isso só pra falar que eu tô de blog novo...)

E também para desejar a mim mesma que 2008 me traga muita sorte, muito trabalho, muitas peças encaixadas nesse imenso puzzle que é a minha vida. E muitas novidades. Se Deus quiser, amém!

E começou bem o danadinho, viu?

1º de janeiro de 2008, Nova Viçosa/BA.


A Oitava Casa foi uma fase. Se for como a Lua, voltará. Se for como uma onda, passou.
Mas me trouxe muitas coisas boas, que ficarão por aqui... para quando a gente quiser relembrar.

2008 quer novidades. E eu tô moderníssima com esse blogspot! Beijos para todos e corram porque já começou!


5 comentários:

Verônica Morón disse...

Primeirona!!!
E to aqui mandando boas vibrações pra voce amiga. Espero que 2008 seja mais uma etapa para essa caminhada cheia de alegria da sua vida.
Pelo visto chegou da praia...e tava otimo!
manda noticias ta?
vou tar sempre aqui
bjao

Daemon disse...

Tô espantado:
1)Minha namorada resolve fazer um blog novo e eu só fico sabendo por ter ido ao blog dela.
2)O tanto que fiquei gato nessa foto. Se eu fosse mulher casava comigo mesmo.
(Minha gatinha, vc tá linda, viu? E parece que a gente tá numa colônia de nudismo)

Ana disse...

1 - Vero, querida! Obrigada pela visita e pelas boas vibrações! Em 2008 quero muita gente linda e legal como vc por perto!
Beijos!

2 - Meu amooooorrrr.... você é muuuuito gato!!!

Quer casar comigo?

ps: não era pra contar do nudismo, baby, segredinho... ;)

Daemon disse...

Gostei da asa colorida. :)

Ana disse...

grazie ;)
mas o desenho ficou pequeno de repente...