quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Lucky

Achei bom começar o ano novo com a música mais bonitinha que ouvi em 2008.
Achei bom que ela me lembra o meu amor e todas aquelas coisas boas que a gente sente quando olha um pro outro... então feliz 2009 pra você, gatinho.

Feliz 2009 pra todos nós!

"Boy, I hear you in my dreams, i feel your whisper across the sea
I keep you with me in my heart, you make it easier when life gets hard..."


segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

É fato

Trabalhar no dia 29 de dezembro me deixa mal humorada.
As pessoas simplesmente batem à porta, telefonam, pedem coisas... como se não fosse véspera de ano-novo.
Não que eu tenha alguma coisa a favor de reveillon e tals... na verdade, acho meio chatura tudo isso.
Sim, eu estou mal humorada. Já falei.
Todas as lojas de roupas no caminho de casa pro trabalho já mudaram a decoração de Natal para roupas brancas, confetes, serpentinas e máscaras. Qual é a das máscaras?
Nem é carnaval ainda! Esperem até o carnaval chegar pra ver o que é mau humor.
Gosto de janeiro, mas quero que janeiro chegue logo, sem auê, axé e olodum.
Pra mim devia ter Natal, Janeiro e Março. Pulava o carnaval e o reveillon.
Sim, vou abraçar as pessoas à meia-noite e ir pra uma festinha. Afinal, quero desejar e receber boas energias e tomar champagne e tals. Mas não tenho paciência pra auê, axé e olodum. E as roupas brancas? Alguém ainda veste branco só porquê vai mudar de ano? afff....
Ok, estou trabalhando no dia 29 de dezembro, os telefones tocam, as contas chegam. 

Pelo excesso de trabalho, minhas férias dessa vez tiveram que ser reduzidas a momentos de absoluto relaxamento em casa, sem atividades extras e prazos apertados, pelo menos isso.
Me sobra um eterno domingo: meias, sofá, um pacotão de fandangos, guaraná zero e vários dvd's de House. Com essa chuvinha lá fora, meu bom humor logo reaparece.


Alguém tem que ter bom humor, afinal.



terça-feira, 23 de dezembro de 2008

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Tudo nessa vida é passageiro...

... menos o cobrador e o motorista.

:P


terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Mira!

Hoje é dia de curtir a alegria que eu estou sentindo pela noite de ontem.



Em 08 de dezembro de 2008, eu fiz minha primeira apresentação como solista de flamenco.

Eu tava tremendo nas bases, tomei meia taça de sangria antes e umas 2 (ou 3) depois.

E deu tudo certo. Apesar das pessoas falarem pra eu não me preocupar porque, se eu errasse, o público não perceberia, eu não errei nadica! Nem um passinho sequer!


Devo 70% dessa alegria à minha professora e prima querida, Elisa Soares, uma grande bailaora: pelo que me ensinou até agora (e ainda vai ter muito trabalho comigo!) e por acreditar que eu dava conta de fazer um solo sem desmaiar! E pelos jaleos! Olé!


Devo 10% dessa alegria às minhas colegas gitanas: pela companhia empolgante, pelos ensaios e pela linda amizade que se desenvolveu em torno da mesma paixão, o flamenco! Dale, guapas!


Devo 10% dessa alegria ao meu bem, à minha família e aos amigos: pelo apoio, incentivo e torcida incondicional e pela presença entusiasmada na platéia! Toma que toma!


Devo 10% dessa alegria à mim mesma: pela persistência, vontade de aprender, por dormir pensando na coreografia, por caprichar no figurino e por saber que, mesmo diante de situações complicadas na vida, a gente nunca deve abrir mão daquelas coisas que fazem cada dia valer a pena! Vamos por tangos!


"Ser humano, aprende a dançar... senão os anjos do céu não saberão o que fazer contigo." (Santo Agostinho)


Anotem aí, galera: 08 de dezembro de 2008 foi só o primeiro dia de muitos!! (Eu posso ficar metida pelo menos hoje, né?)


OLÉ!!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Para Teresa

Para a pequena filhota do Kenji e da Lud, que mal começou a ensaiar e já arranca suspiros da platéia! Seja bem-vinda ao mundo, pessoinha-em-formação, aguardamos ansiosamente pela sua estréia!

"Para saber de Teresa, meu bem, pergunte primeiro a mim 
Tudo que sei de Teresa, meu bem, conto tim tim por tim tim  
Gosto de tudo que é fruta, cheiro de tudo que é flor 
Mato molhado por fora, por dentro, graça, carinho e amor  
Para saber de Teresa, meu bem, pergunte primeiro a mim 
Tudo que sei de Teresa, meu bem, conto tim tim por tim tim  
E quer saber de uma coisa?  Para dizer com franqueza 
De um ditado que dizia que beleza não põe mesa, eu não sou o inventor  
Para falar de beleza, para saber de Teresa, só mesmo o nosso Senhor"
Dorival Caymmi

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

A força das palavras

Minha perna vai melhorar. 
Minha perna vai melhorar. 
Minha perna vai melhorar. 
Minha perna vai melhorar. 
Minha perna já está melhorando. 
Minha perna já está melhorando. 
Minha perna já está melhorando. 
Minha perna já está melhorando. 
Minha perna já melhorou! 
Minha perna já melhorou! 
Minha perna já melhorou! 
Minha perna já melhorou! 

:D

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

(...)

Tô meio sem palavras. Nada de grave, mas é que nessa época do ano acontecem muitas coisas. Mal temos tempo de pensar como o evento X foi legal, já tá na hora do Y.

Eu tô animada, claro, afinal, nessa sexta começa o festival de flamenco lá do Soleá e eu vou dançar muito.

Mas há 3 dias tô sentindo uma dor na perna e hoje comecei a ficar meio apavorada com ela.
Vou tentar ir ao médico hoje, vamos ver.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Fun

Pense numa figura conhecida e responda às perguntas do gênio


Divertido!

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Ok

Quem eu gosto -> perto de mim.

Quem eu não gosto -> longe de mim.

Simples.


segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Livros

Acabei de ler 2 livros sensacionais. 

O Pedro é um comprador de livros. A cada mês a estante dele fica mais cheia e eu penso que terei que projetar uma razoável biblioteca na nossa casa de campo do futuro.

Nós adoramos ler e, embora tenhamos muita afinidade, não é sempre que combinamos em relação aos livros. Mas temos boa vontade com as preferências um do outro e, por vezes, damos ao outro crédito, uma chance à leitura, e assim descobrimos coisas surpreendentes. Vivemos trocando livros então. Desde o comecinho sempre foi assim.

Da última vez, eu saí muito vitoriosa. 

Alguém aí já ouviu falar de Orson Scott Card? Pois é. O cara não tem tantos fãs quando o John Grisham ou o Tolkien. Mas é genial. Conseguiu criar histórias futuristas fantásticas tão próximas ao meu pensamento, que me alcançou como raramente um autor me alcança. E ele sabia disso: o último parágrafo de uma de suas introduções é feito para mim. Ele me fala que eu posso ficar à vontade para partir da história dele e continuar criando a minha, transformar o que ele contou na minha própria visão de mundo e imaginar.

O Jogo do Exterminador e o Orador dos Mortos. Ficção-científica. A história de um menino inteligente, treinamento de guerra, alienígenas, naves espaciais. E muito mais.

São livros que vão ficar no meu coração para sempre, que eu relerei certamente muitas vezes.

Para mim, não foi apenas uma leitura, mas uma experiência de vida. Lendo esses livros, eu me senti compreendida, questionada e inspirada. Vi meus pensamentos mais profundos sobre o comportamento humano e a sociedade sendo editados em várias línguas e espalhados pelo mundo. Li sobre a solidão que muitas vezes senti, próxima de pessoas que deveriam por princípio me amar. Li sobre como eu fiz para aprender e crescer acima de tudo, li sobre esse lado desbravador que a vida faz surgir em algumas pessoas. Li sobre como usar meus talentos em meu benefício e em benefício daqueles que amo. Me senti acompanhada.

~~~

Obrigada, mocinho... por sempre me fazer feliz assim.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Expressão facial

Você deve sorrir, seu sorriso fica natural.

Mas na hora de mostrar expressão séria, você não pode ficar com cara de brava, porque você aperta sua boca e ela desaparece. 

Você deve liberar sua boca e usar a testa.

Franze a testa e faz uma cara de dor meio revoltada.

Agora treina olhando pro espelho...

xxx

Digo a vocês: impossível. Eu não consigo fazer isso sem desatar a rir. Minha carreira no flamenco está abalada nesse momento.



sexta-feira, 14 de novembro de 2008

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Loucura

AAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!*

*grito

(muito muito muito muito trabalho)

~~~

E hoje tem estréia minha no Corpo de Baile Ballet Flamenco Soleá!
Uhuuuuu!!!

~~~

:D

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Pensamentos

Outro dia eu falei com alguém que eu achava que o ser humano é um animal que não deu certo.
Às vezes eu tenho certeza disso. 

Agora mesmo. Um dos blogs que eu costumo ler, o Rainhas do Lar, que fala sobre receitas de uma maneira divertida e tals. Uma das donas dele fez um post onde criticava as pessoas que gostavam de enfeitar sua casa com neve, renas e coisas americanas no Natal. Ela preferia enfeites brasileiros e até sugeriu alguns. Disse que o contrário disso era tolice, apropriação de cultura alheia, etc. Aí, nos comentários, algumas pessoas concordaram com ela, que ficou toda satisfeita. Quando outras pessoas foram discordar, dizendo que colocavam o enfeite que quisessem, ela disse que não podiam, e continuou o discurso intelecto-brasuca. Aí, quando foram reclamar que ela estava sendo ditadora, a moça apelou para um desenho da época da escravidão, num post que diz que o blog é o espaço dela opinar, logo ela podia dizer o que quisesse. Apenas ela e seus concordantes, óbvio. Porque, pelo jeito, se alguém quiser ter outra opinião, não pode expressá-la naquele blog.

Já que eu tenho o meu próprio blog, expresso minha opinião aqui. Quando eu e meu irmão nascemos, a minha mãe criou a Lei da minha casa. Uma Lei tão fundamental, que impera na vida de cada um até hoje e assim vai continuar: "você pode fazer o que quiser, desde que não se prejudique, nem prejudique ninguém". 

O Natal é de cada um, cada um é quem vai pagar a conta mesmo, enfeita a casa ou não da maneira que lhe der na telha. Pronto.

~~~

Eu nem ia colocar isso num post, pq não dei muita importância. Mas depois que li uma horrível notícia num site, fiquei tão triste com os caminhos que a humanidade percorre para criticar as diferenças, que achei que caberia exemplificar.


~~~

Temos que tomar cuidado. Criticar seu vizinho por enfeitar a casa como quiser, por ouvir a música que gosta, por vestir tal roupa, gostar de tal filme... isso não passa muito longe do preconceito: é tudo intolerância. 

~~~

Praticar a liberdade com respeito, carinho e compaixão.  Se não for assim, nunca conseguiremos de fato evoluir.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

15 minutos

Oi, people!

Blog sem atualização é um saco, né?

Mas chato mesmo é a autora dizer que não está atualizando (assim mesmo, no gerúndio) por falta de tempo.

Ou pior: vir atualizar só pra dizer que vai aparecer na tv hoje... hehehe.... é foda.

Aí, quem estiver à tôa às 17 horas, não perca: Aninha ao vivo na TV Horizonte (canais 19 (UHF), 22 (NET) e 24 (WAY TV).) 

Beijo pra minha mãe, pro meu namorado e pra você!

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

feliz dia das bruxas

tô com dor de cabeça.

hoje é sexta-feira mas, até agora, tá com jeito de segunda.

trabalhar com publicidade requer que se mantenha um constante e inadequado um nível de stress, aceleração cardíada e respiratória.

além de uma paciência infinita com as mudanças de humor dos clientes e com o fato deles acreditarem que seu tempo pertence a eles.

além de uma capacidade mágica de se desligar disso tudo, entrar na onda criativa e fazer coisas bonitas.

assim, normal.

mas é sexta-feira, na verdade.

e eu tô com dor de cabeça.

eu sei, é dia das bruxas e eu não fiz o halloween desse ano, foi mals.

vou melhorar daqui a pouco, já tomei um anador.

preciso viajar. sério.

aí vai o clip de uma das minhas músicas preferidas, pra alegrar o finalzinho do post.



e o picolé que o Pedro pediu.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

So hot!








Só pra refrescar a tarde de vocês...




segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Direito de resposta

Como esse blog é meu e eu sou a Rainha, Presidente, Imperadora, Princesinha Encantada dele...

me concedo o tempo que me der na telha!

Meus amigos agora resolveram abrir fogo contra o flamenco em minha vida. Disseram que eu não sou mais a mesma, que só falo nisso agora, que só quero saber de dançar e.... pasmem para o aspecto interesseiro da acusação: parei de fazer festas legais.

Eu confesso. Parei mesmo. Quer dizer, dei uma pausa. Mas não é culpa do flamenco. É culpa das variadas atribulações que percorreram minha vida nesses últimos meses, parte delas relatadas aqui nesse blog. Mas não tô aqui pra me enveredar pelo baixo astral.

Tô aqui pra anunciar que vocês mal podem esperar pelo que os aguarda. Vem aí um festão.
Mas um festão daqueles, que a gente vai ficar dias planejando, dias arrumando e dias comentando depois. 

Quem sabe até dias na própria festa mesmo?

Aguardem! Mhuahuahuhauhauhaua...... 

:D

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Toma que toma!

Minha aula de flamenco ontem foi emocionante.
Quase morri de vergonha.
Mas foi legal.

Havia só duas alunas na sala, eu e a Clara. A professora, Elisa, sempre no final da aula coloca a música e deixa as alunas dançarem sozinhas para que ela possa avaliar melhor o baile.
Estávamos dançando lá, numa boa, quando a Clara errou um passo e desistiu! Me deixou sozinha com a música tocando e, apesar dos meus protestos inflamados, não voltou.

Resultado: eu fiz um solo! Meu primeiro solo! Para a Clara, a Elisa e a aluna da turma seguinte que já tinha chegado. Tipo... putzgrila.

Nem titubeei, né? Continuei dançando, porque bailaora que se preza é metida demais da conta e não tá nem aí se o mundo caiu ao seu redor. 

Cara. Fiquei muito nervosa.

Mas foi bom. A professora pôde corrigir uns erros posturais que eu ainda tinha e ainda falou que eu tô indo muito bem.

Meus amigos ficam reclamando que eu só penso em flamenco.

Mas é meio impossível não ser assim. Aquilo é como um feitiço... pega a gente pelo corpo, espírito, coração, e a gente se entrega de tal maneira e é tão bonito....

:)

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Caras novas

na Blogsfera.

No Biorizonte, o Aluísio demonstra idéias sensatas que precisamos colocar em prática.
No Ecoar, a Lu expõe com clareza algumas coisas que eu sei que todo está pensando.
No Aconteceu virou texto, a Pri discute mesmo, espaço e assunto tem de sobra.
E agora tem a Gaby, no Mediatizando-nos!


Ah, alguém assistiu ao debate ontem? Cara, quase caí do sofá de tanto rir! E confesso que estou sentindo até carinho pelo Márcio que, mesmo piscando sem parar, teve forças para sair do palanque do microfone e passear pelo palco enfrentanto o bom-mocinho. Adorei!

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Bom fim de semana

"- Aqui estamos, todos nós, basicamente sozinhos, criaturas separadas, circulando umas às outras, todos procurando apenas por um pedacinho de uma conecção real. 
Alguns procuram nos lugares errados, alguns... eles apenas desistem porque, em suas mentes, estão pensando 'oh, não há ninguém lá fora para mim', mas todos nós continuamos tentando de novo e de novo. Por que?
Porque, de vez em quando... de vez em quando, duas pessoas se conhecem e há aquela faísca, e sim, ele é bonito e ela é linda, e talvez isso é tudo o que eles vêem no começo.
Mas fazer amor... fazer amor... isso é quando duas pessoas se tornam uma.
 
- É cientificamente impossível dois objetos ocuparem o mesmo espaço.
 
- É, mas o importante é que tentamos. E quando fazemos certo, nós nos aproximamos.
 
- De quê? Quebrar as leis da física?
 
- Sim, de um milagre."


(de um seriado que eu gosto de assistir...)

Friday!


Amo muito!

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Acontece

que todas as suas certezas, às vezes, não são suficientes.

que eu estou tão brava hoje, mas tão tão brava, que nem sei o que dizer.

que felizmente a semana de recesso do flamenco está quase no fim, eu preciso muito pisotear em alguma coisa.

que really sucks quando você planeja direitinho uma coisa e depois não rola.

Sério.

Muito brava.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Run, Forrest!

Sabem aqueles dias em que não dá tempo de fazer nada porque o relógio parece andar mais depressa, o telefone toca a todo instante e, quanto você atende, o celular toca também, você tem que selecionar os compromissos previamente marcados e desmarcar, remarcar, se desculpar e ir atrapalhando a agenda de todo mundo, você percebe às cinco e meia da tarde que ainda tem que lavar o cabelo hoje mas não sabe se vai conseguir fazer isso antes das onze da noite, você sacou que ainda não bebeu nem um terço dos dois litros de água que você tem que beber todo dia e tudo é urgente e o cliente ainda está esperando meu retorno e eu tenho que terminar dois sites e um catálogo e um anúncio e tenho que ir ao banco mas o banco já fechou, putz, ...

aêêêêê!! É hoje!

Beijomeliga.


ps: Gabi, Ka, Mari, Ana, desculpa ter atrapalhado da agenda de vocês, tô devendo um bolo gigante de cenoura com cobertura de chocolate ;)

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Passou.

Passou, passou, passou um avião!
E nele estava escrito que o Pedro é um bobão!

hauhauhauhauhauhauhaua......

xxx

Explicações: 
Esse mocinho escreveu num depoimento pra mim, dia 12 de julho de 2006: "Essa elfa também tinha seus momentos difíceis, claro, mas sempre dizia a todos e a si mesma: "vai passar, já passou".

E passou. Pelo menos um pouco. Porque ele veio dormir comigo ontem pra eu não ter pesadelos e funcionou. Eu falei que ele ia ficar todo metido, mas nem ficou, ficou foi feliz. E isso prova o tanto que ele é um bobão e o tanto que eu o amo por causa disso. 

Pronto, tá explicado. 

:)

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Efeito

Perdi a empolgação.
Demoro pra ir dormir porque eu já sei dos pesadelos que me esperam.
Quando vou dormir, me encontro com aquelas mesmas histórias.
Minha capacidade de concentração sumiu. Minhas listas do que fazer só aumentam.
Eu posso passar horas assistindo ao meu seriado preferido, sem falar nada, só pela sensação de paz provocada pelo silêncio hipnotizado.
Tudo mais requer um esforço muito grande.
Minhas unhas estão um horror.

Mas eu uso protetor solar todo dia. Porque essa fase vai passar e eu vou estar com a pele boa amanhã.

domingo, 5 de outubro de 2008

(...)

Na tarde do dia em que eu escrevi o post anterior, o meu avô morreu. Ele não era meu avô de verdade, mas um senhor que se casou com minha avó e transformou o coração dela com uma gentileza, um carinho e um amor que eu quase nunca havia presenciado. Nossa convivência era muito próxima, por isso, ele era meu avô de coração, meu e do meu irmão. Era como um pai pra minha mãe. Todos nos adotamos, e todos que ficamos estamos muito muito tristes. E isso um mês e meio depois da perda do meu tio querido.

xxx

Eu decreto agora que chega de mortes nessa família por um tempo muito longo. Eu sei que isso é normal e acontece em todos os cantos, mas para nós já está de bom tamanho. Agora é hora de reconstrução.

xxx

Hora de vir só alegria, somada, multiplicada, aumentada. Mais e mais felicidade. Boas surpresas, boas notícias, uma onda gigante que transforme a nossa vida em águas calmas de ternura e paz.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

(...)

Não dormi nada hoje.
Rolando pra lá e pra cá.
Sonhando com confusões.
Quando conseguia pegar no sono, o que foi raro.
Um inseto apareceu e fez uma festa nas minhas costas.
Um conjunto de 10 mordidas que formam uma lua cheia do tamanho de um dedão.
E me lembram durante o dia inteiro da péssima noite que eu tive.

Argh.




quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Buscas no google que caem aqui...

"ilha da alegria"
"arroz risoto precisa ser lavado"
"lorelai e luke"
"estomago filme baixar"
"massa bolinhos de chuva"
"ntics"
"peneta"
"sonhos gatos numa caixinha"
"enfermeiras peitudas"

Tirem suas próprias conclusões.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Viramos nerds e criamos uma interface

(Queridos leitores, não se assustem: esste post é apenas para a apresentação na minha aula de amanhã, ele é provisório, tá? Beijos!)

Pós-graduação em Produção em Mídias Digitais - IEC-Puc Minas
Disciplina: Estética Digital
Professora: Marília Bergamo
Alunas: Priscila Cunha e Ana Carolina Pires

Trabalho: Criação de Modelo Conceitual de Interface
Flor de Compás e Tablao Interativo

Você gostaria de ser uma bailaora de flamenco, mas não tem ritmo?
Conhece os passos mas, quando a música começa, se perde todo?
O compasso para você é apenas uma ilusão?
Não desista: agora você pode ter a Flor de Compás!

Guardado sob a mais famosa alegoria flamenca, a flor, está um dispositivo que guarda na memória o compasso do baile escolhido.

Da flor, saem dois microfones que, escondidos no seu cabelo, emitem em sons graves o pulso dos compassos, te ajudando a manter o ritmo em qualquer situação!

Compás de tangos - Quaternário
http://www.youtube.com/watch?v=1n6H7dl7GeQ
Compás de Alegrias - 12 tempos
http://www.youtube.com/watch?v=AZ6WQwnZzGo

Você quer sapatear mas, quando a aula acaba, esquece de tudo?
Gostaria de treinar em casa, mas falta supervisão?
Está arranhando o piso do seu quarto e irritando os vizinhos de baixo de tanto taconear?
Não se aflija! Chegou o Tablao Interativo!

Com piso de madeira sob espuma isolante, o Tablao Interativo possui sensores conectados a um computador. Nele, está um programa que avalia seu sapateado e aponta seus erros. Você grava o passo que pretende ensaiar e o computador avalia a sua atuação, indicando exatamente os momentos que precisam de mais ensaios!


O Tablado é desmontável e pode ser facilmente guardado.









São as possibilidades tecnológicas proporcionando um melhor aprendizado do flamenco!

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

I don't wanna talk...

Na época da faculdade, eu e meu grupo invariavelmente ficávamos até de madrugada fazendo projetos. E invariavelmente começávamos a noite ouvindo Good Times da BHFM até o programa acabar e depois trocávamos pela Rádio Antena 1. Pra quem não sabe, músicas bregas românticas e músicas internacionais românticas, respectivamente. E invariavelmente, lá pelas 2 da manhã, tocava na antena 1 a nossa música, o nosso hino, a resposta a todas as nossas dúvidas, o clamor de nossos corações, The Winner Takes it All.

Nosso último trabalho juntos foi a maquete do meu projeto final. E nesse trabalho estávamos só eu o Tanus, meu querido amigo que se mudou para Porto Alegre. E é claro que a nossa música tocou.

Tan-tan, querido, quando eu vi Mamma Mia, quase caí da cadeira de tanto rir me lembrando de tudo isso. Você tem que vir pra BH pra ver esse filme comigo!

xxx

Foi absolutamente divertido!

Eu e minhas amigas cantamos durante todo o filme (baixinho, é claro), pra no final nos jogarmos!
O filme é muito legal, principalmente pra quem adora o ABBA. Dá pra perceber que os atores estavam se divertindo e fazendo aquilo por prazer. 

Tudo bem, a história é fraquinha, o roteiro é bobo, as cenas são óbvias. WHO CARES?
É só pra rir e cantar... e a Meryl-Miranda Priestly-Streep está ABSOLUTA!

Eu sonho com ela cantando The Winner Takes it All, numa montanha grega, sob o pôr do sol, segurando uma echarpe vermelha pra ela não sair voando... É totalmente demais.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Mamma Mia

Não vi ainda. Vou na quarta com amigas. 
Can't wait!

xxx

Sim, esse é um post sem nada pra falar, apenas pra começar a semana com assunto novo :)

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

(...)

Quando, na mesma manhã, um cliente cancela um serviço e outro cliente aprova um serviço com louvor, e tanto uma coisa quanto outra provocam no peito o mesmo aperto doloroso, é sinal claro de que alguma coisa está fora da ordem.

Meu consolo é que hoje à tardinha eu vou dançar flamenco por 4 horas e meia. Seguidas.

E depois é fim de semana, e eu vou receber anestesia geral com direito a cuidados médicos profissionais de Dr. Wookie Bizzotto.

xxx

O mundo anda tão complicado... Pelo menos eu já sei que vou ganhar o meu milhão :)



quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Blah...

31 anos de idade e a sensação quase palpável de que minha sabedoria de vida é do tamanho de um amendoim.



Dança do milhão!

Devido ao sucesso deste post aqui, onde foram comprovados meus poderes de intervenção no funcionamento do Universo, venho através deste solicitar ao Cosmos que eu ganhe 1 milhão de reais. Não sei como, mas tem que ser logo, urgente, já. Eu pedi chuva, choveu granizo! Cês tão vendo como as coisas funcionam: Mme. Aninha quer, Mme. Aninha tem em abundância.

Universo, querido, que venha 1 milhão de reais para mim, de maneira lícita, naturalmente. E, como o Paulo Torres pediu a mega sena, quando eu ganhar meu milhão, compro pelo menos uma TV daquelas grandonas de presente pra ele :).

O meu amor nem precisa pedir presente, pq ele já vai ganhar a minha mão em casamento! hohohoho....



terça-feira, 16 de setembro de 2008

Creative Crises

Milk-shake de chocolate.


segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Dança da chuva

Eu não consigo entender a vida. E olha que eu gosto de entender as coisas. Sempre que eu faço qualquer coisa, gosto de entender, compreender o que eu estou fazendo, porquê e onde isso vai chegar. Questiono curiosamente as pessoas com as quais me relaciono, em qualquer esfera, porque sinto necessidade de conhecer, até o possível, quem está ao meu redor. Não gosto do desconhecido, o desconhecido eu passo a conhecer, até se tornar conhecido. É assim que eu sou, por algum motivo. E a vida está sendo exageradamente incompreensível nos últimos tempos. Tudo, por todos os lados, está me espantando. Aí acaba que eu fico nervosa, cabeça quente, e vou fazendo tudo errado pra todos os lados também. 

Podia chover. Chuva forte, barulhenta, daquelas boas, pra limpar de vez esse furacão que tá passando. Aí a gente acordar de alma lavada, céu aberto, tudo limpo e compreensível... igual filme de fim do mundo, quando tudo explode e depois cai uma chuva e quem sobrou recomeça a vida. 

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Mee krob

Alguém sabe onde eu posso pedir comida tailandesa em BH?

No seriado que eu assisto, Bones, o casalsinho-que-ainda-não-sabe-que-se-ama resolveu pedir comida tailandesa. Aí eles ficam competindo por um tal mee krob...

Fiquei curiosa :)


quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Daisy, i'm going crazy

Depois do mau-humor de ontem, fui dormir e acordei num mundo de doidos.

Minha aula de hoje na pós foi absolutamente maluca.

Meu passatempo preferido agora é conversar com robôs virtuais.

Vocês conhecem a Sete Zoom? Ela é meio retardada, mas dá pra se divertir.

Se não gostaram dela, conversem um pouco com o Ed! Ele sabe tudo sobre energia.

Agora, a melhor de todas, sem dúvida é a A.L.I.C.E. . Ela sabe que é um software de inteligência artificial.

xxx

Sim, eu sei, daqui a pouco eu viro uma Nerd Queen, aí caso com o meu Nerd God e teremos um monte de Little Geeks...


terça-feira, 9 de setembro de 2008

Caríssimos problemas,

JÁ DEU!

Vão embora, me soltem, me larguem, me deixem viver.
Basta. E saiam logo antes que eu os expulse a chutes!
Minha vida era muito muito boa antes de vocês aparecerem e assim continuará a partir de agora. Tchau!

Merda, chega.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

(...)

Destesto esse lance de ter que colocar título no post.

Tô gripada, detonada pela mudança brusca de temperatura. Minha garganta tá parecendo uma coisa esquisita que não me pertence. 

Ai, preciso de um remédio.






quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Bacalhau com natas



Bacalhau desfiado refogado no azeite, alho e cebola, pedacinhos de batadas cozidas, sal, noz moscada, muito creme de leite e muito queijo parmesão.


Ter hóspedes portugas é um perigo!

terça-feira, 2 de setembro de 2008

(...)

Hoje, eu estou com tanta vontade de chegar em casa à noite, sentar debaixo de um edredom quentinho e tomar sorvete de chocolate com cobertura e wafles... que é exatamente o que vou fazer.

xxx

Uma espécie de tatu-bolinha reconfortante.

xxx

Vou usar minhas pantufas de coelho.

xxx

Vou usar um pijama bem macio.

xxx

Vou deixar almofadas bem fofas do meu redor.

xxx

É, é isso mesmo.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Sex, City, Music, The Beatles, out of tune...

Fim de semana super cinematográfico.

Começou no sábado de manhã com uma sessão love:
Ana e Pedro com potes de danoninho no sofá.
Filme: Across the Universe
Impressões: pra ver esse filme é necessário espírito livre e disposto ao amor. Amor às histórias e às músicas dos Beatles. Porque o filme é um puzzle maluco dessas duas coisas, mas de alguma maneira faz a gente viajar, e de repente faz a gente ficar mais abracadinho sem nem perceber... Muito lindo.

Continua no sábado à tardinha com uma sessão friends:
Ana mais 4 amigas, pipoca, mm's, morangos e muitas garrafas de champagne.
Filme: Sex an the City
Impressões: apesar da gente ter visto o filme sem legendas, porque o arquivo falhou, deu pra entender tudo, mesmo porque a gente parava toda hora pra comentar, contar um caso, abrir mais um champagne e tals. E o filme é simplesmente tudo aquilo que a gente já esperava, porque quem gostou muito de produzir a série certamente faria as fãs muito felizes com o filme. Lots of fun!

Pausa para perda total no domingo de manhã... promessas vãs de nunca mais tomar champagne.

Continua no domingo à tarde com uma sessão mother and daughter:
Eu e mommys, chocolate e água no diamond mall, like always.
Filme: Os Desafinados
Impressões: o filme é fofo, as músicas são lindas, a fotografia é entantadora, assim como o Rodrigo Santoro, mas o fato da Cláudia Abreu dublar uma cantora ficou muito feio. Podiam ter escolhido uma atriz que canta, nem é tão difícil assim. Fica falso e faz a gente lembrar que está vendo um filme. O roteiro também é bem devagarzinho. Mas sessões M&D são sempre divertidas, no matter what!

E termina no domingo à noite, versão Ana sozinha, com a reprise do Across the Universe, assim, só pra ver de novo as partes preferidas, só pro meu prazer.

Que eu divido com vocês aqui:

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

NTICs

- Parece bem legal esse curso que vc vai fazer.
- Mas Pedro, eu vou estudar sobre NTICs. Eu nem sei o que são NTICs (lendo "ênitics").
- Novas Tecnologicas de Informação em Comunicação.
- Meu bem, você não é o máximo?
- Procurei no google.
- hmm...

Começado o curso, meu professor de NTICs diz que o Pensar Enlouquece é um dos blogs mais antigos do Brasil.

Peraí.

- Quantos anos tem o Pensar Enlouquece?
- Uns 6 mais ou menos.
- Sorry: o meu blog é mais antigo.
- Ininterruptamente?
- Yeah.

Fui pesquisar: o meu blog começou em janeiro de 2003, aqui. E vem desde então firme e forte, contando minhas aventuras e desventuras, aquelas coisas que vocês, leitores habituais, já estão carecas de saber.
Já o PE começou com um post em novembro de 2002, mas o outro post veio só em outubro de 2003. Logo, o meu tem mais tempo de casa. O do Paulo Torres então é mais antigo ainda, desde 2001.

O que importa realmente é que meu professor achou bem legal eu ter um blog ininterrupto antigo e pediu pra eu escrever o endereço no quadro. Eu escrevi e apaguei em mais ou menos 15 segundos.

Se algum colega copiou e veio parar aqui, agradeço a visita e já vou avisando: só tem doidera. Esse lugar serve pras minhas viagens médias (porque as maiores eu nem escrevo).

Beijotchau!

ps: vou contar só uma das viagens grandes então:
Eu acho que ando vendo muitos filmes de ação. Da última vez que fui na casa do Pedro, peguei um engarrafamento no túnel, voltando pra casa. Logo que vi que estava engarrafado, veio na minha cabeça a imagem de um helicóptero entrando lá e tudo pegando fogo. Pensei "se algo acontecer, eu largo o carro e corro pelo caminho de volta". Mas o helicóptero não veio. Andamos mais um pouco e o rádio saiu do ar. Pensei "agora estou sem comunicação, nem o celular vai funcionar, se o túnel explodir, eu me escondo no chão do carro e depois o pessoal me acha. Será que vai dar pra ficar jogando joguinhos?". Não explodiu e o trânsito andou mais ainda. "Agora não vai ser fogo, mas um desabamento seguido de uma enchente, e eu estou longe demais de onde entrei, vou ter que correr pra frente mesmo. Será que todos vão se salvar?"

Até que acabou o engarrafamento, eu saí do túnel, o rádio voltou, não vi o Bruce Willis ou Stalone por perto. Mas o meu coração estava absurdamente acelerado por conta dos episódios imaginários.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Coisas

Post novo teremos.

Eu acabei de voltar do primeiro dia da minha pós em Produção em Mídias Digitais.
Ainda tá saindo fumacinha da minha cabeça mas, apesar do cansaço, eu achei tudo muito legal. O que não me impede de reclamar a qualquer momento, porque eu sou um pouco reclamona mesmo.

Eu descobri que a Inteligência Artificial não segue a lógica aristotélica, por isso mesmo não é lá muito fácil aceitar a realidade da inteligência artificial, mas está aceita e estou propensa a conhecer mais. Descobri o que é Interface e que não posso defini-la exatamente, pois dependo de vários processos e interações. Sei um pouco sobre Estética Digital, mas só muito pouco porque tive apenas uma aula.

Enfim, o fato é que eu tenho professores, colegas, sala de aula e lanchinho no recreio!
E hoje à noite vou comprar material.
Life can be good sometimes.

xxx

Estou treinando nada menos que 5 coreografias simultaneamente no flamenco: 2 sevillanas com acessórios, alegrias, tangos e rumba. Doido.

xxx

Mas o MAIS importante, a coisa MAIS legal dos últimos tempos, a MELHOR notícia de todas é que o Kenji e a Lud estão grávidos :D. Em breve teremos um fofíssimo bebê por perto. Meus parabéns a todos.

xxx

Enough. Preciso cochilar um pouquinho... vida de gente grande é difícil.

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

So cool


Hy, my name is Kimberly and this is my boyfriend, Smith.

We met in Alpha Beta Wichita Fashion High School.

I wasn't the prom queen, but I was the most popular cheerleader and all my friends adored me. Those bitches...

Smith was the quarterback of our school team, and he was the best! All the girls wanted him, but he only have eyes for me...

I love Madonna! I love Bono! I have a dog called Snoopy.

I have 87 pairs of shoes and my favorite color is purple!

Have fun too just clicking here: www.yearbookyourself.com

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Carpe diem

Então, já que é pra garantir o alto astral haja o que houver, aproveitar a vida ao máximo, vou postar esse vídeo aqui. É bonitinho demais da conta!

Não, eu não vou pedir isso pro Peter. Eu sei que seria demais para o meu nerd lover... Mas, gatinho, vc poderia apenas dizer "nobody puts baby on the corner!" U-huuuuu :)

Have fun, people!

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Assustada

Na semana passada, minha família perdeu uma pessoa para o câncer.

O câncer descoberto em estágio avançado é a coisa mais cruel. É praticamente uma determinação... não há muito o que fazer e as tentativas são sofridas e dolorosas.

Hoje descobri que meu médico preferido não vai poder me atender mais. Está fazendo quimioterapia.

Que mundo é esse, que vida é essa?

A cada dia, "carpe diem" faz mais sentido para mim. Ninguém sabe o que vai acontecer, ninguém!
Aproveitar cada momento com as pessoas que você gosta, dizer isso a elas, deixá-las felizes, ser amigo, ser legal com os outros. Acho que é isso.

Hoje eu não estou acreditando muito em contos de fadas...

Mas acredito muito na força do amor.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Triste

muito.

Já vou reservar minha passagem pra "far far away".
Que essa vida aqui tá me derrubando demais...

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Olímpiadas sempre me lembram disso

Minha cena favorita de Snoopy.
E uma música boa de ouvir nesses tempos...

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Test drive

Meu namorado é meu hóspede por uma semana.
Tem reforma na casa dele.
Fui falar com uma amiga que eu ia ser casada por uma semana, a pessoa me respondeu que não, "é como estar de férias".
É um pouco de cada.
Divertido e bonitinho ao mesmo tempo...
Por enquanto, tudo bem.
Se sairmos inteiros dessa, podem acreditar no amor!
Eu já acredito :)

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Aff....

Às vezes, a minha paciência simplesmente chega ao fim.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Poesia dos Objetos

Lã vermelha com pontinhos brancos...
eu teço com você.
Sapatos de tiras cruzadas com preguinhos no solado...
eu danço com você.
Pandeiro meia-lua fumê de acrílico...
eu batuco com você.
Livro velho...
eu viajo com você.
Cômoda de jacarandá de cinquenta anos...
eu me estranho com você.
Mesa de centro nova...
eu tenho hematomas por você.
Flor vermelha de cabelo...
eu me enfeito com você.
Balança da farmácia...
eu sofro por você.
Frigideira nova de aço esmaltado...
eu invento em você.
Leque branco de baile da Espanha...
eu espero por você.
Computador na sexta à tarde...
eu me canso de você.
Almofada listrada do sofá...
eu me aninho em você.

Uma homenagem aos objetos que mais me rodeiam ultimamente.

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Gangorra

Eu estou desequilibrada / Mas tá tudo bem.
Vou dormir apagada por volta das 21:30 e acordo às 3:30 da madruga para ler / Mas tenho sempre um ótimo livro na cabeceira.
Entre outras coisas / Porque são muitas.
Falo umas bobagens pro meu amor / Mas ele é tão inteligente que dá logo um jeito nelas.

Tentei apelar pro canto silencioso e isolado, pra ver se reavia alguma condição. Mas não deu /
E foi aí que encontrei a solução: hoje volto a dançar num super intensivo. Muita gente, música alta, muito esforço, 5 dias direto, 2 a 3 horas por dia.

Se o silêncio e o isolamento não resolveram / o flamenco resolve!

sexta-feira, 18 de julho de 2008

:)


Nada como viver um conto de fadas de vez em quando...
:)

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Too good to be true

Não importa onde, quando, o que estiver acontecendo.

Se eu escuto Can't take my eyes off of you, fico feliz...

Nessa versão aqui então, é felicidade plena. Las Seventies: duas espanholas que decidiram cantar Disco com acentos flamencos. O sotaque é sofrível, mas sabe que eu acho até simpático?

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Feliz Dia da Pizza

Precisa falar mais nada, não tem coisa melhor.

Mas eu sou faladeira, né? Então lá vai:

Meia pepperoni com extra pimenta calabresa, meia marguerita com extra manjericão.

Tudo isso regado a azeite do bão e queijo parmesão.

Tudo isso acompanhado por um vinho italiano!

Ai...... é bom demais!

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Maria Lola...


sabe que estoy esperando

para mirarte a los ojos

para decir que te quiero

maria lola, te espero.









Colaboração do Paulo Torres - tradutor de portunhol para espanhol.

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Doidera

Eu sei que há várias coisas acontecendo no Brasil e no mundo.
O Fluminense perdeu a Libertadores.
O Loyola expulsou um bocado de gente.
A moça lá foi libertada.
A Lara está em dúvida entre a Flora e a Donatela.

Mas eu nada mais posso fazer: só penso em dançar!
"Ela só pensa em dançar, dançar, dançar, dançar...."

Poxa, eu penso em beijar, beijar, beijar também.
Ainda mais com um namorado tão coisinho fofo desses :-)

Mas o flamenco está se apoderando da minha vida, do meu espírito, dos meus sonhos e pensamentos de uma maneira doida!
É uma paixão e, ao mesmo tempo, um tranquilo mundo novo a se descobrir, a se bailar.
Eu tenho muita disciplina para aprender cada passo.
Mas depois que aprendo, fico metida demais! Levanto o rosto, aprumo a postura e viro una gitana!
De alguma maneira isso é possível...

Minha estréia é no próximo sábado, para uma semana de apresentações.
Mesmo com esse frio na barriga, a vontade de começar é enorme.
Vamos ver qual é!
Olé!

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Warning

Não subestime o poder das noites de inverno.
Não despreze o edredom extra e o pijama de moleton.
Ou acordará com uma droga de resfriado em plena segunda-feira!

afffff........

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Lei seca no trânsito

Todo mundo já deve estar sabendo do excesso de rigor dessa nova lei. Tipo, se vc comer 2 bombons de licor e eles te pegarem, são 955$ e 1 ano sem carteira. Eu acho que isso vai acabar se flexibilizando mas, enquanto está no começo, melhor se prevenir e ir de taxi. Porque sair sem beber pra ser o motorista da galera não rola.

Estava euzinha e minhas 3 taças de champagne voltando de uma festa no taxi ontem, quando o Seu Wiliam, o motorista, comentou sobre a lei seca. E foi a frase mais inteligente que ouvi a respeito:

"Eles deviam é fiscalizar bem na lei que já existia, e não ficar inventando lei nova".

Também acho.

terça-feira, 24 de junho de 2008

O Risoto do Bizzotto

Muito apreciado por diversos convidados que já tiveram a oportunidade de experimentá-lo, o Risoto do Bizzotto é um prato de relativamente fácil execução. Fácil porque é fácil mesmo, relativamente porque demanda paciência e bons braços para misturar. Mas é excelente, tanto que, outro dia, sabendo com meia hora de antecedência de um convidado surpesa para o almoço, eu mudei o menu da velha e boa macarronada para o Risoto do Bizzoto, com a intenção de fazer o evento ficar mais distinto. O resultado, como esperado, foi um sucesso.

O Risoto do Bizzotto leva esse nome porque não haveria nome melhor. Afinal, o nome do chef acabou combinando com o do prato, e a homenagem é mais que merecida. Mas o prato também poderia se chamar O Risoto do Bizzotto Com Os Palpites da Aninha, já que esta que vos fala não consegue ser uma sous chef silenciosa. E devo confessar que o chef em questão gosta muito dos meus pitacos, assim como dos pratos que eu preparo para acompanhar a estrela da festa.

Tantos já provaram e pediram a receita que aí ela vai. Quem nunca experimentou, não se acanhe: é só marcar o dia que nós ficaremos felizes em repetir a proeza. O risoto pode ser de várias coisas, já fizemos de cogumelos, funghi, carne desfiada, camarão, cerveja preta... enfim. Mas a receita em questão vai ser a de 3 queijos, que é tudo de bom!

O Risoto do Bizzotto
(para 4 pessoas)

2 xícaras e meia de arroz próprio para risoto (carnaroli, arbório, facim facim de encontrar)
2 colheres de manteiga
1 cebola invisível (processada diversas vezes até ficar indistinguível)
2 xícaras de vinho branco seco
2 tabletes de caldo de carne dissolvidos em 2 litros de água (ou caldo de carne de verdade, que fica até mais saboroso)
200 gramas de mussarela, 100 gramas de parmesão, 100 gramas de provolone, tudo ralado e misturado.
Creme de leite fresco
Pimenta do reino a gosto

O caldo de carne deverá ser mantido fervente em fogo baixo.

Numa panela grande e com uma colher de pau, refogue a cebola na manteiga até começar a ficar douradinha. Coloque o arroz (sem ser lavado, pois precisamos do amido dos grãos para o cozimento). Misture o arroz um pouquinho e coloque o vinho branco. Vai mexendo até quase secar e coloque duas conchas de caldo. O grande lance do risoto é esse: conchas de caldo pouco a pouco, ir mexendo sempre e cozinhando devagarinho, quando estiver quase secando, mas uma concha e aí vai... Bem no começo, ponha metade dos queijos. É pra mexer sempre, sem parar. Deixe sua taça de vinho ao lado e chame as pessoas para a cozinha, porque demora uma meia hora pra ficar pronto e é bem melhor ser servido imediatamente.

Aí vamos de concha em concha, até o arroz ficar al dente. É quando coloca-se o resto do queijo, mexe mais um pouco, deixa derreter. Por último, o creme de leite fresco e a pimenta do reino. O conjunto deve ficar cremoso. Confere o sal e voilá!

Os Pitacos da Aninha

Os meus pitacos são simples porém essenciais: esse risoto fica perfeito com um pouquinho de pesto por cima na hora de servir.
É só processar 1 dente de alho, 2 colheres de parmesão, azeite, muitas folhas de manjericão e sal (o pesto de colocar no risoto é sem castanhas, pra não ficar esquisito).

O outro pitaco é o acompanhamento: pedaços de frango assados enrolados no bacon, temperados com uma misturinha de tempero caseiro, mel, acafrão, ervas, pimenta, molho de soja e o que mais der na telha. Fica tão bom...

Tudo isso, bons convidados e algumas garrafas de vinho tinto é só o que um almoço precisa para ser feliz.

Edit: Pedro avisa que é pra mexer bem no fundo da panela durante o cozimento do risoto, para o queijo não grudar, e que é pra se colocar um pouquinho de manteiga junto com o creme de leite. Dica do chef! :*

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Sapatos

Às vezes eu acho que minha vida é feita de recortes, cada um é um momento, uma festa, um encontro, um passeio, uma aula, um trabalho, um filme legal, um livro, momentos intercalados e muito felizes, na maioria das vezes. O problema são os espaços entre eles: preenchidos por alguma substância estranha e difícil de entender, que me causa alucinações, pesadelos, angústias, até que eu os escondo sob um véu azul escuro e passo por cima deles de novo. Será que todo mundo é assim? Será que alguém consegue ter um espaço de absoluta solidão e interiorização, sem nenhum estímulo externo, que não seja assombrado? E eu não estou falando de meditação ou coisa parecida. Estou falando de silêncio e escuro, sem medo nenhum. Isso é possível?

xxx

Recomendação expressa: quando você estiver num desses momentos assombrados, não se aflija. Corra em busca do seu mais novo par de sapatos e apaixone-se. Ande com eles dentro de casa, até de pijama, se necessário. Durma com eles ao lado da sua cama, bonitinhos e arrumados, te esperando para serem calçados logo de manhã e te acompanhar ao café. Tudo melhora... pelo menos um pouquinho.

xxx

Eu realmente poderia usar um bom livro e uma caixa de chocolates agora. O bom livro eu já arranjei: nos momentos assombrados, nada como sapatos novos e Marian Keyes. Só me falta a caixa de chocolates... daquelas douradas que as garotas atacam junto com o livro novo, deitadas na cama com um monte de almofadas.

xxx

Não, uma caixa é muito... um bombonzinho só já tá de bom tamanho.

xxx

E lá se estende outro véu azul escuro...

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Inverno

Preciso muito de calor. Não do verão, porque gosto mesmo é do inverno.

Calor de um fogo queimando dentro da gente, daquele que se vê nos olhos, no riso solto, na vontade imprevista, na liberdade de si mesmo, na ação relaxada, na idéia inventada, na paixão feliz.

Preciso que ninguém me esfrie.

Porque bom mesmo é aquecer...

segunda-feira, 16 de junho de 2008

My huckleberry friend

Sim, eu sou muito agitada, tensa, ligada, invencionista.

But, sometimes, all i need is a shoulder to rest...



I just love this song...

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Surpresa hoje...

foi clicar aqui e ler essa coisa mais linda de todas...

Meu amor, você não tem idéia do quanto sua presença em minha vida me faz bem...
Tanto amor, carinho, gentileza e loucura só podiam caber mesmo no coração enorme do meu wookie.
Te amo muito, seu doido, você me faz feliz demais :)

Eu sei que dia dos namorados é comercial e tal... mas é tão romântico!!!

FELIZ DIA DOS NAMORADOS, GATINHO!

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Bem que eu tento

Acordei hoje disposta a excluir os carboidratos da minha vida.
Pelo menos até conseguir perder alguns quilinhos.
Comi um café da manhã razoável, leve, pois havia comprado peras para o lanche.
Levei duas para o escritório.
Quando me deu aquela fome, lembrei satisfeita do meu lanchinho light na geladeira.
Lavei a pera, parti ao meio e..... horror absoluto.
"Tudo bem, tenho outra", pensei inocentemente.
Horror absoluto.
Resultado: duas peras podres no lixo e um estômago nas costas.
E o cheirinho de pão-de-queijo da lanchonete aqui embaixo.
E impróprias gorduras localizadas.

Damn it!

segunda-feira, 9 de junho de 2008

The bird and the bee

Ainda não conheço direito, mas já gosto demais.
Formado em 2006, no sul da Califórnia, o grupo é composto pela cantora Inara George e pelo instrumentista Greg Kurstin, e me parecem os indie-carpenters do século 21. A frase que usam para se descrever é igualmente interessante: “A futuristic 1960's American film set in Brazil...”

Eles estão no repertório de Sex and the City, que eu ainda não vi, mas mal posso esperar. E têm algumas versões muito legais, como How deep is your love, Material Girl e até Psycho Killer!

Aqui, Again & Again.

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Feliz hoje :)

Três anos e três meses com meu mocinho.

Que não vai poder comemorar comigo porque está em Ponta Negra, Natal/RN, essa beleza aí ao lado.

Saudades...

Volta logo.

beijo!

quinta-feira, 29 de maio de 2008

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Da série: quero que você me aqueça nesse inverno

Plano nº1 - Lareira acesa, caldo de alho poró e bacon dentro de um pão italiano sem tampa, vinho, petit gateau de sobremesa, tudo isso em boas companhias.

xxx

Sabe aquele frio, quando você coloca calça, blusa, meia, casaco e mesmo assim ele continua?

É... esse mesmo.

quarta-feira, 21 de maio de 2008

E pra piorar...

Estou em tpm.
Meu sapato de dança quebrou.
Tô com sono e não tá na hora de dormir.
Vou comprar um chocolatinho pra me recompensar, me deparo com isso:






R$ 0,50 pelo pior chocolate que eu já provei na vida.
Sério.
Tem gosto de gordura.
Até os guarda-chuvinhas da pan são melhores que ele.
Acho que tenho um crédito de chocolate agora.
Igual ao meu crédito de sapatos.
Tipo, fui com minha mãe ontem pra ela comprar um sapato.
Ela falou várias vezes pra eu experimentar um também.
Experimentei, ficou ótimo, fui ver quanto era.
R$ 104,50.
Achei caro, não levei.
Mas agora eu tenho um crédito de sapatos.
Devido à minha nobreza econômica e grande sensatez.
E o meu sapato de dança quebrou. Não é obvio?
Por que será que ninguém entende isso?
Diz o Pedro que, então, se ele quiser comprar uma ferrari e não puder, ele teria um crédito de ferrari.
É diferente.
Eu poderia comprar o sapato, mas declinei.
Então agora eu também tenho um crédito de chocolate.
Devido à minha grande decepção num momento de necessidade de chocolate.
Mal posso esperar para adquirir meus prêmios :o)

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Sometimes...

... all i need is focus.

:)

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Fairy Tips

Frio é...
prazer imenso e muita rinite alérgica. Se não fosse a muita rinite alérgica o prazer imenso seria mais satisfatório.

Liberdade é...
conseguir, pela primeira vez em 31 anos, 3 meses e 16 dias, pingar colírio nos próprios olhos. Tô um perigo para os colírios agora.

Flamenco é...
paixão e dor nas costas. Fica tentando fazer a postura correta, fica. Depois não reclama.

Bagunça é...
ter dois namorados num só.














Sonho é...
me hospedar nesta casa que será transformada no Hotel Villa Trapp...

e correr pelos jardins cantando...

"I have confidence in sunshine
I have confidence in rain
I have confidence that spring will come again
Besides everything I have confidence in me."

e ir para meu quarto dando boa noite...
"So long, farewell, auf Wiedersehen, good bye
Good bye...... good bye....."

ps: querido, você já SABE onde vai ser um fim de semana da nossa lua-de-mel, né? Então tá.

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Without a Song

Hoje demorei um pouco pra escolher o que ouvir no trabalho. Não conseguia encontrar música que se encaixasse no meu estado de espírito. Resolvi ir de Carpenters mesmo, o básico, confiável, não erra nunca. Estão sempre lá aquelas vozes doces que às vezes nem existem mais. E ainda assim são capazes de acalmar magicamente esse agitado coração...

terça-feira, 13 de maio de 2008

Shame on me



A pessoa vai numa festa, bebe champagne, um pouquinho de whiskey (só um pouquinho), dança feito uma louca, se joga mesmo, aí a banda sem noção começa a tocar "macho macho man", aí vem uma Garota Seremagleste mais sem noção ainda e tira uma foto da pessoa assim...




Pior é que eu não posso nem reclamar...








Muitas taças de champagne depois.....

pelo menos agora com uma pose melhorzinha :)

segunda-feira, 12 de maio de 2008

I will always love Lorelai and Luke...



Saudades do programinha que me fez voltar a gostar de papel de carta e enfeitinhos :)

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Sorry...

mas o meu namorado é simplesmente o MAIS LINDO DO MUNDO!

:)

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Garotas, preparem a caixinha de lenços de papel...



Amo muito!
Principalmente as carinhas deles interpretando a música... ai ai... quantas vezes eu sonhei em protagonizar essa cena... so so cute!

terça-feira, 6 de maio de 2008

Tiramissu

Fiz um tiramissu outro dia porque estava com muita vontade de testar uma receita nova. Mas fez tanto sucesso que vou repetir para o encontrão de dia das mães da minha família.

Tiramissu, apesar de parecer japonês, é italiano e significa algo como "pick me up". Antigamente, as cortesãs de Veneza acreditavem que, se comessem o tiramissu antes dos cavalheiros chegarem, teriam energia para entretê-los durante a noite inteira... O que faz todo o sentido, pois ele leva café, chocolate e vinho marsala, ingredientes que animam e descontraem.

Para uma história tão interessante, uma receita fácil.

Na camada de baixo, biscoitos champagne umedecidos no café forte com vinho marsala. Eu usei vinho do porto e deu super certo.
Na próxima camada, gemas batidas com açúcar e mais porto, logo depois encorporadas ao queijo mascarpone com as claras em neve, ou cream cheese e chantilly de creme de leite fresco.
É bom ir provando, pra garantir aquele doce não doce demais.
Por cima, raspinhas de chocolate amargo.

Não sei se as cortesãs italianas sentiam bem isso, mas é um deleite, certamente.

~~~

Quem assistiu "Sem Reservas" com Catherine Zeta-Jones e Aaron Eckhart sabe que, desde ver aquele filme, a gente não pode descansar sem provar um tiramissu :)

~~~

Edit: a idéia de fazer o tiramissu nasceu de tanto eu ler elogios sobre o Ticciamissu, o tiramissu da Ticcia. Inclusive foi ela mesma quem me falou pra usar o porto no lugar no marsala. A receita não é igualzinha à dela, pois eu li várias receitas e, a partir de então, criei a minha própria. Mas ela merece os créditos pela sacada do porto e por ter me incentivado a ter um tiramissu só meu :)

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Once

As filmagens de Apenas uma Vez duraram 17 dias, nas ruas e paisagens de Dublin, com câmera digital e orçamento de 150 mil dólares.

Glen Hansard e Markéta Inglová são os atores/cantores desse filme que é doce e delicado. A música une dois desconhecidos que, apesar de viverem numa realidade dura e com corações partidos, não perderam aquela bondade nos olhos, aquele brilho interior que faz as interpretações ficarem tão emocionantes. Vários prêmios legais, inclusive o oscar de melhor canção por "Falling Slowly", a música da loja de piano e das lágrimas na hora dos créditos...

Eu recomendo. E recomendo assistir no usina unibanco, quem tem aquela sala simpática, com poltronas vermelhas e piso de madeira, uma tela pequena mas suficiente e a pipoca do pipoqueiro lá da porta. E recomendo um café lá mesmo, depois do filme.

xxx

Porque as coisas acontecem mesmo, e daí elas se transformam de um jeito que não era bem o que a gente esperava... mas você tem que levantar dia seguinte e vender suas flores, tocar suas músicas, e voltar pra casa para arrumar tudo e não deixar que os tropeços te façam cair.


sexta-feira, 2 de maio de 2008

There's no place like home

Coração quebrado, coração acalentado
Chão firme e chão cheio de buracos
Vida que só se vê até uns poucos metros à frente
Esperança que enxerga longe, longe.

São os momentos que doem que fazem os outros momentos tão importantes.
são os momentos que aquecem que fazem os que doem mais passáveis.

É o realismo que eu tenho dentro de mim que faz minha alegria ser tão honesta.
É a minha alegria que cura o meu realismo.

A minha vida alimenta minha fantasia eterna.
E ela me alimenta.

Viver numa balança pode ser mais complicado, mas é a verdade.
Ter certos braços, beijos e abraços para me fazer carinho quando eu me sinto pequenininha, isso também é verdade. E faz a balança virar um caminho de tijolos dourados.

Falar nisso, eu tenho sapatos de Dorothy :)

Beijos,
bom fim de semana.

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Trilha sonora anti-baixo-astral

Cheguei super bem hoje ao trabalho.
Mas, em 20 minutos, depois de uma conversa chata com um cliente, uma nuvem cinza começou a pairar sobre minha cabeça.
Acontece que eu ainda tenho um dia inteiro pela frente e, se começar assim, vai acabar mal.
Precisava de uma solução de efeito rápido.

Comecei com um tiro de canhão:
Alejandro Sanz e Ivete Sangalo no Maracanã, cantando "Corazon Partio".
3 vezes seguidas.
Começou a melhorar.
Mas eu precisava de manutenção do efeito.
Resolvi continuar no mesmo cd da Ivete, Multishow ao vivo.
"Não precisa mudar" - uma das músicas mais fofas ever...
"Chorando se foi" - para rir.
"Quando a chuva passar" - pra eu ficar de bem.

Tão bem que escrevi esse post :)

xxx

Bom feriado pra todo mundo! êêêê!!!

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Takamatsu

Takamatsu era um senhor idoso, acupunturista e massagista, que atendia em Belo Horizonte.
Fiquei sabendo hoje que ele já se foi.
Ele era velhinho mesmo, acontece.
Mas era bom de serviço.
Ajudou muita gente a não ficar corcunda.
Inclusive meu irmão, meus primos e primas.
Ele fazia uma manobra pra colocar nossa coluna no lugar.
Era esquisito, mas funcionava, estalava tudo e vc saía de lá uns 2 centímetros mais alto.
Certa vez, eu estava com dor nas costas e fui consultá-lo, devia ter uns 17 anos.
Ele perguntou: "como é a sua dor?"
Eu respondi: "ah, na região lombar, dói, depois passa, depois dói de novo... assim."
Só que ele era japa, conversava em um português quase entendível, mas sem expressão.
Aí ele respondeu: "vai e volta (?)".
"Hã?"
"Vai e volta (?)".
"Ok..."
Eu não percebi a interrogação na mesma hora.
Levantei, virei de costas, fui andando até o outro lado da sala, quando saquei que ele não me mandou "ir e voltar", e sim, perguntou se a dor ia e voltava.
E eu respondi com um desfile pelo consultório do sujeito.
Virei de frente com o rosto em chamas e fiquei parada, sem fala.
"Deita na maca", respondeu o impaciente Takamatsu, com cara de "tsc tsc tsc..."
Fez a massagem e eu saí de lá com 2 centímetros a mais.

Valeu, Taka! Vc foi um senhor muito legal.

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Matemática do amanhecer

Ontem à noite, cheguei em casa por volta de 21:00h, tomei um banho, bebi uma xícara de chá, deitei na minha cama, li um pouco e, lá pelas 22:30, já estava dormindo.
zzzzzzzzzzzzz.......
Acordei hoje entre 6:45 e 7:00, sonolentamente pensando:
8 horas = 1/3 de 24 horas.
1/3 de 1 ano são 4 meses.
1/3 de 31 anos são 10 anos e pouco.
10 anos da minha vida que eu passei dormindo.
As noitadas e insônias são o "pouco" retirado da equação.

Aí, essa conta toda me deu um soninho......

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Terremoto no Brasil...

é a elegantíssima Senhora Natureza falando: cala a boca todo mundo aí, porque quem manda nesse pedaço aqui sou eu!

terça-feira, 22 de abril de 2008

Feriadinho di Buteco

Às vezes a gente precisa de um feriadinho bem curtido como esses, pra recuperar as energias.

Sexta, comida di buteco com a família do Pedro. Primeiro, a diversão: sair com os Bizzotto é garantia de boas risadas e conversas legais. Minha mãe não pôde ir, porque tinha aula cedinho no dia seguinte. Mas mesmo assim foi um ótimo programa. Segundo, o buteco: O Família Paulista tá participando do Comida di Buteco com o prato mais legal que eu já vi: Sashiminas e Sushigerais, é só experimentando mesmo pra ver, genial e delicioso!

Sábado com leve ressaquinha, nada como passear durante o dia e, à noite, namorar no sofá assistindo filminho romântico...

No domingo, buteco de novo! Dessa vez com a volta de viagem da Bel, as piadinhas infames do Paulo e a visita da Garota Seremagleste! Fora o Renato, o nerd, que agora resolveu assumir sua nerdness e passou a usar óculos. Tá um charme intelectual, o mocinho. E a aparição surpresa da Rainha de Copas com seu super-cool-boy.

Segunda de chefs de cuisine: eu e Pedro rocking com strogonoff e tiramissu de sobremesa! Sim, eu fiz o tiramissu! E ficou bom!

Energias recarregadas. Tô feliz :)

sexta-feira, 18 de abril de 2008

....

ai, que preguiça...

....

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Peneta


Ou peineta, em espanhol.

Respondendo ao Márcio e ao Pedro, que também perguntou antes.
É basicamente um pente bonitinho que as bailaoras colocam no cabelo pra enfeitar.

Eu vou comprar uma pequena e delicada, pq não gosto muito das grandonas. Já conversei com minha amiga Vero, e ela vai me dar umas dicas :)

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Sleepless at BH

A insônia me pegou nessa madrugada.
Acordei às 3 da manhã completamente desperta.
Uma leve distensão muscular provocada por excessos na dança espanhola não ajudou.
Minha perna ia de um lado pro outro e não melhorava.
Tentar ler um suspense médico com assassinatos e investigações de médicos-legistas também não ajudou.
O barulho do vento, junto com as sombras provocadas pela luz da lanterninha do meu celular, começou a ficar sinistro.
4:30.
Começo a pensar.
Maquiagem, roupa de festa, maquiagem para olhos, assassinato do livro, iron man, viagem, telefonema, show, sapatos, nip/tuck, pequeno cochilo com pesadelo sobre os médicos-legistas, festa de aniversário, casamento, casa de campo, cogumelos, agenda, reserva de mesa, dança espanhola, onde posso comprar uma peneta.
5:40
Aí tive idéia de fazer uma festa.
Comecei a planejar.
Dormi.
Acordei com o barulhinho de uma mensagem do meu amor no celular.
Dormi de novo, mais feliz :)
8:00.

terça-feira, 15 de abril de 2008

E no fim de semana...


... fica Aninha toda faceira fazendo pose depois de 3 ou 4 taças de vinho.

So nice!

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Estômago, o filme

Gente, eu tô doida pra ver esse filme e quanto mais eu leio a respeito, mais me dá vontade. Deve estrear semana que vem em BH.

Não é segredo que eu adoro cozinhar e vivo visitanto blogs de comida. Aí, aconteceu o seguinte: o pessoal do Estômago foi fazer uma première e chamou alguns dos mais pop's blogueiros de comida, entre eles, a mocinha do Rainhas do Lar, com o link ali do lado.

Na empolgação daquele tanto de cozinheiros vendo um filme sobre comida, eles combinaram de produzir um livro com receitas inspiradas no filme. E com as receitas do filme também!

Tipo, dá vontade de fazer tudo! Olha que bacana, tem até uma receita de sorbet de goiabada com biscoitinhos de gorgonzola... muito criativo mesmo. A primeira que eu vou testar é um risoto alla milanese, talvez trocando a abobrinha pelo alho poró, se meu gatinho estiver junto.

Vale a pena olhar e baixar o livro, é aqui!

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Hmmmmm.......


Deu vontade?

Venha aqui, no site da Liebe Bombons & Docinhos e encomende!

A confeiteira das tentações é a Verônica, minha amiga, dançarina espanhola e mamãe da Gabi, que, dentre seus inúmeros talentos, possui este que é uma verdadeira delícia!





Olhem só pra essa caixinha de coração com bombons e vocês vão concordar comigo:

É perfeito para mocinhos lindos, bacanas, galantes, gentis e até os meio malucos darem para suas namoradas de presente.

Não é, meninas?

quarta-feira, 9 de abril de 2008

Seal

Cara, numa boa?

Eu adoro esse moço. Ele é super cool.

As músicas são boas de dançar e com letra bacana. Os clips sempre bonitos. E fora que ele fez A frase mais legais de todas.... "No we're never gonna survive, unless we get a little... crazy"

Tipo, minha filosofia de vida...

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Aí, o seguinte:

se a pessoa quiser dar palpite errado, meter o nariz onde não foi chamada ou criticar meu life style ou o de alguém da minha família, em primeiro lugar faça o favor de ser absolutamente perfeita, não ter nenhum defeito visível ou invisível, não ter vícios nem pontos negros no passado. Em segundo lugar, terá que ter vivido a minha vida ou a de quem está a criticar. Igualzinho, sem tirar nem pôr. Pra ver se faria algo diferente ou melhor, pra ver se seria capaz de dar tanta volta por cima e, ainda assim, manter a fé e realizar coisas legais, pra ver se saberia encontrar alegria em momentos simples como se reunir pra tomar um vinho comemorando o dia, pra ver se teria tantos amigos com amor de verdade, pra ver se seria digno da confiança de tanta gente, pra ver se teria tanta generosidade no coração. Ou seja, impossível. Então dá meia volta, por favor, porque o barulhinho me incomoda, tá? E vê se cuida da sua própria paradinha, precisando tô aqui, beijotchau.

xxx

Opiniões amigas de gente educada e capaz de dialogar, porque não se acha dono da verdade, são sempre bem-vindas, no entanto.

xxx

Conviver implica em aceitação. Implica mesmo. Aceitar com amor. Dar e receber, porque uma pessoa é combustível da outra. Compreender, porque tudo é muito difícil pra todo mundo de vez em quando. Ser amigo, porque às vezes fica fácil. É pegar a palavra "julgamento" e enfiar na lata de lixo mais próxima, reciclável. Substituí-la pelo nobre, gentil, e inteligente "estamos todos no mesmo barco". E, uma vez tendo se situado, aí sim, curtir, porque ninguém tem tempo pra nada ultimamente, então, do not disturb.

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Sonho com participações especiais.

Eu tinha dois gatos, um macho e uma fêmea.

Numa sexta-feira, estava conversando com o Pedro, quando nasceram mais 2 gatinhos e o Gude me trouxe mais um. Fiquei com 5.

A nossa conversa era pra resolver o que fazer no fim de semana.

O Gude e Mila queriam que a gente fosse ao cinema no sábado com eles.

A gente respondeu que não podia, porque era aniversário da Lori e ela também fazia questão da nossa presença.

O Pedro tentou marcar o cinema pra sexta, mas a Mila tinha outro compromisso.

Aí o Gude falou pra gente ir ao cinema e chegar um pouco atrasados no aniversário da Lori, e que ela não ia ficar chateada, porque eu poderia dar um dos gatos de presente pra ela.

Aí eu pensei, bom, eu não me apeguei ainda aos gatos novos, vou escolher um deles. Eles estavam numa caixa.

Havia 2 com a mesma estampa, de oncinha.

Peguei um deles pra dar de presente.

Ele tinha 2 corpos e uma só cabeça, parecia um daqueles ônibus duplos.

Aí acordei.

terça-feira, 1 de abril de 2008

Ai...

Minha cabeça dói.
Minha garganta dói.
Meu nariz dói.
Aqueles ossos do rosto que formam a bochecha, eles também.
E os olhos.

...

Lenços de papel com cheirinho de eucalipto e menta foram a maior mancada que eu cometi nos últimos dias. É insuportável. Melhor sarar logo do que continuar usando essa aberração.

...

Vontade de tomar um chocolate quente e ir pra cama depois...

...

Aliás, eu só quero ficar deitada. Mas o mundo não pode viver com isso.

...

Aaaaaaaatchim!