segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Viramos nerds e criamos uma interface

(Queridos leitores, não se assustem: esste post é apenas para a apresentação na minha aula de amanhã, ele é provisório, tá? Beijos!)

Pós-graduação em Produção em Mídias Digitais - IEC-Puc Minas
Disciplina: Estética Digital
Professora: Marília Bergamo
Alunas: Priscila Cunha e Ana Carolina Pires

Trabalho: Criação de Modelo Conceitual de Interface
Flor de Compás e Tablao Interativo

Você gostaria de ser uma bailaora de flamenco, mas não tem ritmo?
Conhece os passos mas, quando a música começa, se perde todo?
O compasso para você é apenas uma ilusão?
Não desista: agora você pode ter a Flor de Compás!

Guardado sob a mais famosa alegoria flamenca, a flor, está um dispositivo que guarda na memória o compasso do baile escolhido.

Da flor, saem dois microfones que, escondidos no seu cabelo, emitem em sons graves o pulso dos compassos, te ajudando a manter o ritmo em qualquer situação!

Compás de tangos - Quaternário
http://www.youtube.com/watch?v=1n6H7dl7GeQ
Compás de Alegrias - 12 tempos
http://www.youtube.com/watch?v=AZ6WQwnZzGo

Você quer sapatear mas, quando a aula acaba, esquece de tudo?
Gostaria de treinar em casa, mas falta supervisão?
Está arranhando o piso do seu quarto e irritando os vizinhos de baixo de tanto taconear?
Não se aflija! Chegou o Tablao Interativo!

Com piso de madeira sob espuma isolante, o Tablao Interativo possui sensores conectados a um computador. Nele, está um programa que avalia seu sapateado e aponta seus erros. Você grava o passo que pretende ensaiar e o computador avalia a sua atuação, indicando exatamente os momentos que precisam de mais ensaios!


O Tablado é desmontável e pode ser facilmente guardado.









São as possibilidades tecnológicas proporcionando um melhor aprendizado do flamenco!

4 comentários:

Márcio disse...

Isso existe mesmo ou é piada?

Ana disse...

Não existe, mas tb não é piada!

É trabalho de escola :)

Priscila Cunha disse...

E a gente teria tanto trabalho para criar uma piada?
Teria.
Ok, mas dessa vez, não é, tá?! hehehe

Adorei o texto, Ana. Linkei lá no AVT.

Bjão!

Milla Mara disse...

ana... mas tem algum artigo
material sobre isso...

eh pq faco parte de uma pesquisa de diversas interfaces interativas, relacionadas com o ambiente arquitetonico... e me interessei bastante pelo projeto de vcs...

há algum meio de colocá-lo em prática? ou foi mais a idealizacao mesmo?

me escreva ok? milla_mara@yahoo.com.br