segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Direito de resposta

Como esse blog é meu e eu sou a Rainha, Presidente, Imperadora, Princesinha Encantada dele...

me concedo o tempo que me der na telha!

Meus amigos agora resolveram abrir fogo contra o flamenco em minha vida. Disseram que eu não sou mais a mesma, que só falo nisso agora, que só quero saber de dançar e.... pasmem para o aspecto interesseiro da acusação: parei de fazer festas legais.

Eu confesso. Parei mesmo. Quer dizer, dei uma pausa. Mas não é culpa do flamenco. É culpa das variadas atribulações que percorreram minha vida nesses últimos meses, parte delas relatadas aqui nesse blog. Mas não tô aqui pra me enveredar pelo baixo astral.

Tô aqui pra anunciar que vocês mal podem esperar pelo que os aguarda. Vem aí um festão.
Mas um festão daqueles, que a gente vai ficar dias planejando, dias arrumando e dias comentando depois. 

Quem sabe até dias na própria festa mesmo?

Aguardem! Mhuahuahuhauhauhaua...... 

:D

5 comentários:

Massa disse...

Como um ex-residente da espanha, o que eu posso dizer? esqueça as festas e dedique-se ao flamenco. :-)

Ana disse...

hehehe... mas o problema é que eu sou aquariana, logo, meus amigos também imperam ao meu redor.
Uno o flamenco às festas e faço uma taberna!

ps: morou onde?

Márcio disse...

Tb morei um tempo em terras espanholas, Ana. Em Madrid. Nos finais de semana eu ia até um parque chamado Casa de Campo, afastado do centro. Lá as pessoas sentavam à beira de um lago e cantavam flamenco como nós faze os aqui com o pagode...tudo na palma da mão...bonito de se ver...passava horas curtindo...até aprendi a tocar castanhola..hehehe...coisa gay...bons tempos....ah! a festa pode ser amanhã que to squi em BH

Ana disse...

hahahaha... nem é gay não, viu?
tocar castanholas é chic d+!

Massa disse...

Morei também em Madrid. E ia à Casa de Campo também. Vai ver que eu e o Márcio já tentamos nos comunicar em espanhol :-) "pesao".