quinta-feira, 26 de março de 2009

Qualquer paixão me diverte...

Eu tô punk, como podem ver no post abaixo. Sonhei que comecei a tomar antidepressivos. 

Mas eu tenho uma grande vantagem no meu jeitinho peculiar de ser: minha capacidade de distração instantânea momentânea é fortíssima.

Eu tive dor de cabeça por 4 dias seguidos. Menos nos momentos em que eu estava na escola de dança ensaiando. 

Sapateando com toda a força, ouvindo música e dançando por 2 horas e, nessas 2 horas, a minha cabeça não doeu. Fui tirar o sapado e a dor voltou, a realidade voltou.

Por isso, amigos, eu peço: por favor, parem de achar ruim o flamenco na minha vida. Não digam mais que eu só penso nisso, que eu sumi, que toda hora eu vou pra lá, que eu só quero saber disso e tal.

A verdade verdadeira é que a dança tá me segurando.

Sumir uns tempos... todo mundo faz isso. Eu sei que sempre fui super presente, sempre fiz festas, participei dos programas.

Mas alguns de vocês me conhecem desde adolescente. 

Eu preciso dançar. Preciso me arrumar linda e absoluta, subir no palco e dançar. É questão de saúde.

Fora que eu amo demais, a cada dia eu tenho mais certeza que nasci pra isso!

Então eu peço novamente: me apóiem! Vão lá me ver de vez em quando e achem lindo! E saibam o bem que isso faz pra minha vida! 

Óia eu aqui:


2 comentários:

Haróculo disse...

Onde já se viu passar tanto tempo dançando! Que abuso! Falta do que fazer isso sim! Não passa de...
Erm...
Deixa pra lá :P

Ana disse...

hehehehehe.....